Kiko Loureiro: 10 dicas valiosas de como conseguir mais shows

Encontrar e agendar shows não é sempre fácil como parece. Então, quando você consegue marcar um show, é importante deixar uma boa impressão! Fechar datas se resume a ter bons contatos.

Uma performance meia boca, e você pode ver tudo ir por água abaixo. Essas 10 dicas não te ajudar apenas a conseguir novos shows, mas também a mantê-los! Vamos começar?

1. Comece com poucos shows, e aumente a partir daí

Pode ser que você não tenha um material de primeira para mandar para as casas de shows logo de cara, mas toda grande jornada começa de algum lugar.

Se o show que você tem disponível é em um aniversário, festa ou um bar que não atrai tanto público assim, tire o máximo dele!

Faça o melhor que você puder e tente começar a criar uma base de fãs com o que você tiver ali.

Lembre-se que promoters e donos de casa de shows estão preocupados em apenas uma coisa: clientes que pagam.

Sua base de fãs inicial pode acabar sendo os clientes do seu primeiro show pago, lembre-se disso!

2. Crie um portfólio online

Então você fez o seu primeiro show, certo? E alguns amigos que estavam por lá filmaram algumas das suas músicas.

O vídeo está com uma boa qualidade e o som está legal. Qual o próximo passo? Criar um portfólio online para as casas de show e produtores conferirem o seu som.

Vou repetir algo que vale ser repetido: produtores e casas de show se importam com clientes que pagam!

Se os seus shows vão levar clientes pagantes, então eles vão te contratar, mas você precisa criar um portfólio para mostrar isso para eles.

Uma das primeiras coisas que você deveria fazer é criar um electronic press kit(EPK). A Sonicbids é um bom lugar para começar, e você só precisa inserir algumas informações sobre a sua banda e adicionar fotos, vídeos e demais mídias.

Eu também recomendo criar um blog e um canal no Youtube para postar suas novidades, vídeos de shows e músicas que você gravar.

Ao criar um blog, separe um espaço para materiais promocionais – fotos e vídeos da banda e dos shows – e também o famoso clipping (materiais de imprensa e divulgação dos shows).

Presença ativa nas mídias sociais também é indispensável. Claro, todas as bandas e artistas já fazem isso atualmente, mas mesmo assim não deve ser deixado de lado já que facilita o contato através da própria fan page, ou até mesmo por email ou telefone. E é por lá que você vai conseguir fechar muitos shows.

3. Determine quantas pessoas realmente vão comparecer ao seu show

Isso é crítico. Se você sabe que apenas 3 dos seus melhores amigos vão ao seu próximo show, então você tem trabalho a fazer. É preciso construir um buzz no seu entorno.

Trabalhe para deixar seus amigos e conhecidos empolgados para te ver tocar. Você pode ser bem direto: “Ei, eu estou tentando fechar um show na Casa de Show nesta quinta e eles querem saber se eu consigo levar 10 pessoas! Você seria uma delas?”.

Seja legal nessa hora. Envie alguns SMS’s para lembrá-los, coloque na sua página do Facebook e chame mais amigos.

Então, se na hora de fechar o show o dono perguntar se você tem público, você pode afirmar que 10 dos seus amigos vão aparecer para te ver tocar.

Lembre-se que o dono da casa, ou produtor, não estão preocupados com a música, agora. Eles querem saber quantos pagantes vão ao seu show, quanto eles vão beber e consumir durante a noite.

Se você dobrar o público esperado, então você está feito!

4. Se apresente como um profissional

Eu não consigo reforçar o bastante o quanto esse passo é importante. Se você quer ter sucesso, então você precisa mostrar que sabe o que está fazendo.

Se você aparecer para fechar um show e se mostrar nervoso demais, ao ponto de não falar direito, é pouco provável que você vai fechar alguma coisa.

Se você parecer com alguém que vai espantar os clientes da casa, você não vai ser contratado.

Parece básico, mas seja pontual, tome banho, escove os dentes e pareça ao menos decente.

É sério!

Quando você conversa com as pessoas pelo telefone, soe como uma pessoa de verdade.

Em pessoa, fale claramente e faça perguntas apropriadas. Saiba todos os detalhes para você não parecer bobo ou inexperiente ao fechar shows.

Converse sobre pagamento, é cachê fechado ou couvert? Saiba quais equipamentos a casa tem, horário da passagem de som e demais detalhes importantes.

Lembre-se que donos de casa de show e produtores sempre conversam entre si, e você quer que eles falem coisas boas sobre você e sua banda.

5. Seja pontual

Eu já mencionei isso antes, mas merece ser repetido: seja pontual! Não se atrase para o seu próprio show.

Muitas vezes você não sabe o que a casa tem planejada para o resto da noite. No Brasil não é muito comum, mas na gringa pode ser que tenha um DJ, uma apresentação acústica ou até outra banda programado para a noite.

Se você atrasar ou estragar a programação, adivinhe? É bem provável que o show não vai acontecer mais!

Brasileiro tem um leve problema com horário, atrasos são super comuns.

Em praticamente todo o resto do mundo isso não acontece, principalmente na Europa e também nos EUA. E se você atrasar pode prejudicar a sua carreira e isso não é legal.

Apareça mais cedo do que o horário combinado, 15 minutos é um bom número.

6. Não seja idiota, drogado, ou bêbado

Eu não quero soar como chato, mas drogas e álcool não te deixam mais criativo, elas apenas te deixam dependente.

E depois de um tempo, o seu show vai sofrer, sua voz vai sofrer e a sua técnica de guitarra (ou bateria, baixo, etc) vai sofrer.

Trabalhar duro, planejar bem, e ter sorte quando você precisar vão estar presentes para quem trabalhar. (Eu sei, isso parece uma frase de biscoito da sorte!).

7. Faça um bom show

Essa parte é bem óbvia. Não pratique apenas a sua música, pratique o seu show!

Pense em tudo que poderia dar errado e tenha um backup. Se alguém da banda souber resolver qualquer um desses problemas, fale para todo mundo que ele é o cara certo para as horas de necessidade.

Se você fizer um bom show, as pessoas vão lembrar!

E essa é a primeira chance para você construir a sua base de fãs. Peça para um amigo falar com o público e incentivá-los a seguir sua banda no Facebook, ou então recolher emails para você manter contato mais tarde e enviar novidades sobre a banda e sobre shows.

Também incentive seus amigos na platéia a tirar fotos e fazer vídeos. Se você tem contatos em blogs, jornais ou qualquer veículo da imprensa, convide-os! É mais uma oportunidade de conseguir material para o clipping da sua banda.

8. Agradeça à gerência!

O dono da casa de shows e a equipe vão ficar felizes em saber que você gostou de fazer o show.

Agradeça através de um telefone, uma mensagem no Facebook ou até mesmo no Whatsapp. Vamos aproveitar a tecnologia, certo?

9. Atualize o seu site

Depois do seu show, pegue os seus vídeos e fotos que seus amigos tiraram (e também as da casa ou dos seus contatos na imprensa) e atualize os canais da sua banda.

Crie álbuns no Facebook para cada apresentação, poste vídeos que ficaram legais, e também compartilhe links de blogs e sites que possam ter postado algo sobre o seu show.

São materiais excelentes para a sua “área de promoção” dentro do seu site.

10. Agora, procure por shows maiores!

Esse primeiro show foi bem legal, mas agora você tem mais material, o famoso boca a boca, e vídeos para mostrar o seu show para outras casas de show.

Procure mais oportunidades em outros lugares, converse com bandas da sua cidade e fecha mais gigs.

Continue desenvolvendo o seu show e praticando!

É sempre bom reforçar: desenvolva o seu show. Pessoas querem ser entretidas, elas não querem apenas ouvir você cantar as suas músicas preferidas.

Depois de rodar pela a sua cidade fazendo shows, procure mais oportunidades um pouco mais distantes de casa.

Entre em contato com mais casas de show, produtores e bandas de outras cidades que fazem um som parecido com o seu.

Vá aos shows de outras bandas e convide-os para ir aos seus. Quem sabe vocês não organizam um em conjunto?

Espero que vocês tenham gostado! É um conteúdo muito interessante e muito válido para qualquer músico em busca de uma carreira de sucesso.

Como de costume, me conte o que você achou do texto nos comentários!

Abraço,

Kiko.

Login

Bem-vindo! Faça o login em sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password